quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Amazônia: o Ciro publicou e eu recomendo a leitura

Ambientalistas do Greemisery que se amarraram na ancora do navio de pesquisa de petróleo Stena Carron foram obrigados pela justiça a interromper o protesto.

Os ativistas passaram quatro dias pendurados na âncora do Stena Carron tentando impedir a pesquisa de petróleo no Mar do Norte. Apesar de terem usado no protesto roupas de plastico e pequenos barcos movidos a gasolina.

A operadora do navio, a empresa americana da energia Chevron, garantiu na Court of Session de Edinburgh uma ordem para que os ativistas se movam para um lugar seguro. A porta foz do Greemisery Leila Deen disse que eles não têm escolha a não ser obedecer. Chevron argumentou que eles precisam mover o navio para alto mar por razões de segurança.

A Chevron disse: "Nós respeitamos o direito de Greenpeace ou de qualquer outro de expressar suas vozes de forma pacífica e dentro lei, mas nós deploramos protestos que podem pôr em risco tanto nossa tripulação, quanto dos próprios ativistas.

"A prioridade da Chevron sempre foi a segurança. Estamos certos de que nossas operações em águas profundas são seguras. Assim como o Greenpeace, nós desejamos que a energia que todos nós precisamos seja produzida de forma segura e respeitando o meio ambiente."
Visite o site: http://www.codigoflorestal.com/

Um comentário:

  1. É meio contraditorio... protesto utilizando um barco a gasolina... rss

    ResponderExcluir

As mais lidas